Por esses dias, fui visitar meu pai, era aniversário do meu irmão. Pouco antes de voltar pra casa meu pai disse que o notebook dele estava com problemas, só que eu não sei se consigo arrumar não. Consegui ligar ele, conectei em outro monitor, acontece que o monitor embutido não está funcionando (agora não lembro se a tela ficava desligada, ou ficava ligada mas sem sinal).

O problema é que eu sei um pouco de hardware por um curso básico que fiz aos 14 anos, por ai. Mas só mexi com desktops, algumas vezes cheguei a me aventurar com notebooks, estudei um pouco mas logo deixei de lado.

Aí lembrei de uma coisa: tinha um notebook bem velho guardado em casa, provavelmente peguei do meu pai ou da minha mãe, que devem ter recebido de alguém e me entregaram pra ver se servia ainda. Pensei: vou treinar com esse notebook velho, tentar montar e desmontar ele algumas vezes sem que ele deixe de funcionar - ah, sim, ele estava funcionando, porém algum componente não está funcionando bem e ele não consegue ligar, mas ainda não investiguei isso. “Desde que ligue, pra mim tá bom”

Segui direto por esses dias tentando abrir esse treco. Consegui até soltar a parte debaixo da carcaça, deixando só uns fios do monitor ligados e depois remontei.

O pior é que cheguei no momento que tenho que encaixar a placa mãe de volta com a parte debaixo da carcaça, só que tem um encaixe bem chatinho de mexer e um dos fios pra conectar é bem curto e atrapalha o fluxo todo.

No fim das contas eu consegui remontar de certa forma, mas os encaixes laterais de USB, VGA, etc, não estavam corretos, parece que a placa mãe ainda estava distante. Resolvi fechar por cima, sem parafusar nada e continuar depois.

O mais engraçado foi que antes de sair do escritório achei uma peça interna que esqueci de colocar lá dentro, e que não podia ser colocada por fora, teria que desmontar de qualquer jeito.